Instituto Histórico de Pitangui: um mergulho no passado


“Em uma manhã de agosto em Pitangui, com um céu claro e o lento passar dos dias de isolamento social, o prédio reformado que abriga a Secretaria de Cultura, o Instituto Histórico de Pitangui, a Biblioteca Pública e futuramente o Museu de Artes Sacras do Instituto Histórico de Pitangui se destaca na rua José Gonçalves. Dentro dele, milhares de documentos contam histórias diversas escritas em várias épocas diferentes. Acessar esses documentos é um incrível mergulho no passado. Eles falam de pessoas que viveram em Pitangui e região nos séculos XVIII, XIX e até meados do século XX. Falam de suas posses, dos membros de suas famílias e de suas formas de vida.

Esses documentos compõem o acervo do Instituto Histórico de Pitangui e sempre estão rompendo o silêncio quando são retirados de seus abrigos para serem consultados por pesquisadores diversos com interesses também diversos. É nessa hora que eles voltam a ganhar voz. Eles têm um jeito diferente de conversar devido à escrita que os compõe, desde o traçado das letras até a norma culta de épocas passadas, que fazem da leitura um desafio muito agradável.

Preservar essa vasta e rica documentação é um esforço voluntário feito por um grupo de pessoas que fazem parte do Instituto Histórico de Pitangui. Alguns residentes na cidade, outros em outras cidades e até mesmo em outros estados se esforçam para manter a instituição em funcionamento. 

 

Share this post :

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Create a new perspective on life

Your Ads Here (365 x 270 area)
Latest News
Categories

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.